Porque NÃO vale a pena comprar TV 8K em 2021

Já vemos nas lojas algumas ofertas de TV 8K. São lindas e cheias de recursos. Mas ainda não vale a pena comprar TV 8K. Acesse e descubra os motivos!


Embora as TVs 4K sejam ainda recentes no mercado, elas já não são o auge da tecnologia televisiva da sala de estar. Várias marcas de TV já lançaram suas TVs de 8K, enquanto outras já estão a caminho. Mas há várias razões para você não comprar uma TV 8K este ano. Separamos os 3 principais motivos que explicam porque não vale a pena comprar TV 8K em 2021. Vem com a gente!

Antes, o que é 8K

A tela com resolução 8K gera a imagem mais clara disponível atualmente. Com resolução de 7680×4320, a tela 8K tem quatro vezes mais pixels que as TVs 4K (33.177.600 pixels no total) e 16 vezes mais que o HD antigo. É para caber tanto pixel que as TVs 8K normalmente são grandes, com modelos ultrapassando 65 polegadas de largura. A imagem também é mais brilhante, destacando detalhes minúsculos na tela.

Nossa, mas uma TV gigante e com resolução incrível… porque não vale a pena comprar TV 8K?” Eu sei, parece tentador, mas isso não significa que você tenha que jogar fora sua TV 4K. Ou até mesmo sua TV FullHD.

A tecnologia das telas 8K é tão nova, que as fabricantes e os consumidores ainda terão que descobrir o que fazer com ela. Em outras palavras, você não vai precisar sair correndo para comprar uma TV 8K tão cedo.

Porque não vale a pena comprar TV 8K

As TVs 8K são uma tecnologia nova, e isso deve inspirar alguns cuidados. Essas regras a seguir já valem para o lançamento das TVs 16k (sim, elas já estão surgindo no horizonte).

Não temos o que assistir em 8K

Qual a vantagem de ter uma TV 8K, sem conteúdo 8K para assistir? Faça essa pergunta a si mesmo, pois é isso que vai acontecer se você comprar uma TV 8K agora. Há muito pouco conteúdo gerado na qualidade 8K. O único canal que transmite sinal de vídeo 8K é a japonesa NHK – e mesmo assim, o conteúdo é limitado.

Nos games, recentemente o PS4 Pro e o Xbox One X começaram a renderizar gráficos 4K. O processamento necessário para renderizar conteúdo 4K é imenso, imagina para o 8K.

TV Sony Bravia 8k
TV Sony Bravia 8k

Nesse momento, estamos começando a ver algumas iniciativas de conteúdo 4K em streaming e via satélite. Netflix, Amazon ou qualquer outra tem planos para conteúdo 8K em breve. A razão é simples: imagem 8K utiliza muito espaço de armazenamento, capacidade de computação e equipamentos de gravação especial. O mesmo vale para transmiti-los pela Internet. Ah, esqueça o 8K Blu-ray por enquanto, considerando o tempo que levou para chegarem os discos Blu-ray 4K.

Para os cineastas, também é complicado comprar hardware de última geração para filmagem e pós-produção em 8K. Não só porque é caro, mas também pela falta de público com aparelhos para consumir imagens em 8K.

Esse movimento leva tempo. Tudo isso torna bastante difícil para o conteúdo 8K ser bastante comercialmente acessível por enquanto.

TV Sharp

Se você pensou em aproveitar sua TV 8K assistindo vídeos de resolução mais baixa, prepare-se para uma decepção. A TV 8K pega o video em resolução menor (FullHD ou 4K) e faz uma gambiarra adaptação, chamada upscaling, para que a imagem original possa ocupar o montão de pixels que a tela possui. O resultado fica OK. Por mais que as fabricantes tentem, simular pixels que não estão lá ainda é um truque com resultado ruim.

A regra é simples: imagem FullHD fica boa numa tela FullHD. Imagem 4K fica boa numa tela 4K. E assim por diante.

Preço nas nuvens

Como acontece com as novas tecnologias, o preço das TVs 8K está nas alturas. Tem modelos que custam o valor de um carro popular. Ainda há pouca variedade de modelos, e de tamanhos. Por isso, é bom que sua casa ou apartamento tenha espaço para uma TV de 65, 72, 82 ou 85 polegadas.

Sim, elas são lindas, decoram o ambiente, são inteligentes, tem funções novas… mas nesse momento não vale a pena comprar TV 8K. O preço vai cair, assim como estamos vendo com os televisores 4K. Mas ainda vai levar alguns anos até que elas sejam realmente acessíveis.

Tecnologia muito recente

As fabricantes sempre fazem um alarde ao lançar novas tecnologias para TVs. Realçam tanto as vantagens, que não sobra espaço para alertar o consumidor que elas ainda estão evoluindo esses produtos.

Por exemplo, o 8K no estado em que está exige conexões de alta velocidade. Por conexões, não falamos apenas de internet.

TV 8K Samsung

Aliás, tendo em vista a enorme quantidade de dados que chegam ao aparelho de TV, você precisará de pelo menos 50Mbps de velocidade de internet para receber conteúdo 8K sem problemas.

Para transmissão dos canais de TV, o padrão ATSC 3.0 só agora está caminhando para uma eventual distribuição de vídeo 4K. Imagine quanto tempo ainda levará para que ele seja atualizado para o conteúdo 8K.

O HDMI 2.1 é o padrão certo para transferência de imagens em 8k. Ela oferece a incŕivel velocidade de 42,6Gbit/s, além de melhor suporte para vídeo com resolução 4K e 8K. Acontece que muitos modelos de TV 8K disponíveis não possuem portas HDMI 2.1.

TV 8K Sony Bravia

Sim, o HDMI 2.0 atual pode transferir 8K a 24fps (como filmes). Mas a maioria de outras fontes de imagem 8K (como PCs, videogames, players de streaming e TV boxes) tem portas 2.1.

Outras tecnologias estão sendo prometidas, mas também ainda estão em desenvolvimento e testes. Não dá para contar com elas. O Dolby Vision 8K, é um exemplo. Está sendo prometida para alguns televisores Sony. Só que, quando saiu o Dolby Vision 4K, ele era limitado a vídeos com 30 quadros por segundo. Assim não adianta.

Não vale a pena comprar TV 8k em 2021

Observando os itens acima, o que você conclui? Que comprar uma TV 8K nesse momento significa gastar uma tonelada de dinheiro sem nenhum ganho concreto. É por isso que as TVs 8K são uma tecnologia incrível, mas que na prática não vale a pena por enquanto.

TV 8K Samsung

Se você tem o dinheiro sobrando aí, e quer investir numa boa TV, basta optar por um modelo 4K com o melhor da tecnologia HDR e de retroiluminação. E ainda sobra uma boa grana.


Veja também:


Resumindo

Embora as TVs 4K sejam ainda recentes no mercado, elas já não são o auge da tecnologia televisiva da sala de estar. Separamos 3 principais motivos que explicam porque não vale a pena comprar TV 8K em 2021. A tecnologia das telas 8K é tão nova, que as fabricantes e os consumidores ainda terão que descobrir o que fazer com ela.

Primeiro, Há muito pouco conteúdo gerado na qualidade 8K. Segundo que, como acontece com as novas tecnologias, o preço das TVs 8K está nas alturas. E terceiro, a tecnologia é nova e ainda tem outros aspectos a evoluir, como as conexões HDMI.

Adquirir uma TV 8K nesse momento significa gastar uma tonelada de dinheiro sem nenhum ganho concreto. Por isso, não vale a pena comprar TV 8k em 2021.

Tópicos relacionados


Leia Também



voltar ao topo ↑